segunda-feira, 12 de junho de 2017

BoaCompra, ou má compra?

PayPal_New_LogoDuas coisas de importante me aconteceram no mês passado e vou relatar aqui minha experiência sobre os casos ocorridos. A primeira será sobre a dificuldade de usar empresas de mico pagamentos para compras no exterior em real, ou que precise fazer conversão de real dólar. Não preciso dizer de quem é a culpa, mais não há nenhum plano mirabolante dos comunistas reptilianos.

Muitas pessoas acabam por passar por esse perrengue, ao usar o PayPal e semelhantes, por exemplo, para compra em sites famosos. O problema reside e que essas empresas em sua maioria não operam oficialmente no Brasil, ele acaba tendo que usar um serviço de terceiro para a conversão do real ao dólar, ou como intermediário para uso do cartão de credito nacional, pois o vendedor está no estrangeiro.

E ai e que entra o problema, pelas normas você não pode usar moeda nacional para compras no exterior, mesmo essa estando presente nas carteiras nesses serviços, você precisa de um cartão internacional emitido por uma instituição financeira “nacional” para usar no serviço. E mesmo assim muitos cartões internacionais são limitados a determinadas operações, tem que ter cuidado para não pegar um “CI” que seja capado.

Você seque poder enviar outra moeda que não seja o real para uma conta brasileira do PayPal. Este tem escritórios no Brasil mais a maioria desses sites não têm, por isso o uso de intermediários como agentes financeiros no país. O que não justifica um uso de terceiros em alguns casos. Por exemplo:

Você usa o PayPal para pagar ao GOG, mas este usa o BoaCompra como intermediário, mais tem que usar um cartão, mesmo tenha saldo em reais, pois a empresa não tem escritórios no Brasil, os valores em dólares são mascarados em reais, ficando assim: Cartão – PP – BC - GOG, para que isso?

Simples segundo eles por que empresas como PayPal não são autorizadas a operar com cambio, nem o BoaCompra é, e isso segundo eles evitarias lavagem de dinheiro. Colocando mais intermediário, no jogada para lucrar e gerar mais impostos e movimentações bancárias.

No final já se sabe qual o real motivo, dar um proteção aos banqueiros (lei Nº 12.865 2013), seria até louvável se não houve empresas brasileira que já eliminaria um, ou dois, desses intermediários já que se enquadram na mesma categoria. Mais ai os principais protegidos ficariam de foram.

Não sei se é incompetência dos serviços ao colocar muitos intermediários na jogada, ou o problema esteja pratica de mascarar o valor do produto para você ter a cessação de estar comprando algo em seu país.

Ou se é uma forma de dar uma reserva de mercado ao BC (Go4Gold), que tem lá sua serventia (boleto), comprar acaba por ficar chato e complicado. Mais o objetivo final teria que ser facilitar e não complicar a vida do cliente.

0 comentários:

Postar um comentário